Morserus
Refletindo

A caminhada

by Karlla, 10 de março de 2021

Vamos falar de morte para refletir sobre Vida!

Já parou pra pensar na morte hoje?


“Crendeuspai”, aposto que muitos pensaram… rs

Mas sim, é importante. Muitas vezes acreditamos que pensar em morte é ruim, mas é falando da iniludível que lembramos que tudo o que estamos vivendo é passageiro, o tempo é curto e a Sapucaí é grande.

Desde que um amigo me mostrou uma poesia de Manuel Bandeira, autor do nosso Hino Nacional, isso ficou ainda mais claro pra mim. Sente só:


CONSOADA

Quando a Indesejada das gentes chegar
(Não sei se dura ou caroável),
Talvez eu tenha medo.
Talvez sorria, ou diga:
– Alô, iniludível!
O meu dia foi bom, pode a noite descer.
(A noite com seus sortilégios.)
Encontrará lavrado o campo, a casa limpa,
A mesa posta,
Com cada coisa em seu lugar.


Na poesia, o eu lírico, apesar da possibilidade de sentir medo, se diz preparado para a morte, vinda duramente, como doenças e sofrimento, ou como um sono tranquilo. A vida foi boa e tá tudo pronto. Ele viveu bem, pode a noite descer.


Quando a Indesejada das gentes chegar – alô, iniludível – você estará preparado, estará com cada coisa em seu lugar? Terá vivido bem, feito seu melhor apesar de tudo? Terá você vivido de verdade?

É importante refletir sobre o passado, não em forma de lamento ou possibilidades que não aconteceram, mas como aprendizado. Todos os erros cometidos, todas os planos que não deram certo, todos os amores com os quais nos desiludimos. Tirar o melhor proveito de cada pedra no caminho, construindo assim quem desejamos ser, vivendo da melhor forma hoje.

Da mesma forma que não se deve perder tempo lamentando o passado, também não se deve ansiar pelo futuro. É importante tê-lo em vista, traçar metas e se preparar, mas sendo visto como destino, sem deixar de prestar atenção na estrada, no agora.


É crucial pensar na vida como algo finito.
Pensando no tempo como vida e na vida como a areia da ampulheta, com o que você tem gastado seus grãos?


Eu prefiro morrer a perder a vida.

by Karlla

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Instagram Facebook WhatsApp